19
Set
2016

O que fazer com seu pet em uma emergência

O que fazer com seu pet em uma emergência Os donos de animais de estimação devem sempre ficar atentos ao seu pet, pois qualquer sintoma que ele apresente é preciso ser analisado e, se for o caso, a emergência veterinária deve ser procurada imediatamente. Por esse motivo, é sempre necessário saber onde levar seu animal com segurança para que ele possa contar com uma equipe de profissionais qualificados para prontamente atende-lo.

Mas você sabe reconhecer quando o animal precisa receber um atendimento veterinário de emergência?

- Se seu pet for filhote, geralmente é brincalhão e se alimenta cerca de três vezes ao dia. Mas se notar que ele está sem apetite, abatido, com diarreia e vômitos frequentes, significa que a emergência deve ser procurada para que o veterinário avalie o quadro. Algo de errado pode estar acontecendo com o animal.

- Em caso de animal idoso com doença crônica (do coração e diabetes) e uma crise de tosse começar seguida de falta de ar, ou se desmaios acontecerem, vômitos, convulsões, língua azulada e coordenação motora comprometida, procure um hospital veterinário imediatamente.

- Se seu pet sofreu algum tipo de traumatismo, seja atropelamento, mordedura ou queda, considere uma emergência, mesmo se o animal esteja aparentemente bem. É preciso checar através de exames se houve fraturas, perfuração de algum órgão ou hemorragia interna.

- É muito importante ficar atento ao seu animal e averiguar se ele ingeriu algum tipo de veneno, produto químico, remédio de humanos, drogas do dono ou foi picado por um inseto venenoso. Caso isso ocorra, procure o mais rápido possível pela emergência veterinária para que a lavagem gástrica seja realizada ou antídoto seja dado e todos os medicamentos sejam aplicados. Se notar que seu pet ingeriu qualquer coisa diferente ou foi picado, não espere os sintomas aparecerem e leve-o ao veterinário.

- Animais expostos a clima muito quente, que ficam fechados dentro de um carro ou tiveram choque térmico durante uma tosa, podem ficar com uma coloração azulada e bastante ofegantes. Ao notar essas características, leve o animal imediatamente à emergência veterinária, pois ele pode morrer subitamente.

Todos esses sinais devem ser observados e levados a sério. Caso o seu animal apresente qualquer um desses sintomas, não hesite em procurar por ajuda veterinária. Para garantir ainda mais segurança à saúde do seu bichinho, realize um plano se saúde para pet, pois nunca se sabe o momento em que uma emergência irá ocorrer.
« Voltar

Deixe o seu comentário

Nome:

E-mail:

Código:

0 Comentários
Topo

Informações e Contato

azulcorp@azulcorp.com.br
Rua Jovita, 238, A | Santana | São Paulo - SP |

Informações Importantes

SUSEP nº 10.2017620.1

Nós Ligamos Para Você


Preencha os campos abaixo que nossa equipe entrará em contato.

Nome:

E-mail:

Telefone: